30/09/2018

Netflix e a polêmica dublagem de seus animes

Fawkes
Fawkes
Administrador
Divulgação

A dublagem é algo que realmente mexe com os nossos corações e também, de certa forma, mexe com o nosso emocional. Não conseguimos desvencilhar o grande Wendell Bezerra na voz do Goku, ou ainda o excelente Orlando Drummond na voz do Scooby Doo, pois são vozes que marcaram, e que para sempre ficarão eternizados. Mas por que estou falando isso? Bom, determinados estúdios e dublagens ficam marcados, tanto pela ótima qualidade, quanto na péssima. E nestes últimos anos, em especial este ano de 2018, presenciamos um crescimento de dublagens ruins, e de qualidade duvidosa, que gerou muita discussão em fóruns, sites e redes sociais. A Netflix é a que mais sofre com as críticas em relação a esse tema, onde estamos tendo várias obras dentro do seu catálogo com dublagens com uma qualidade péssima, para não dizer ruim. E é exatamente isso que falaremos, sobre esse embate que tem gerado bastante polêmica na dublagem.

Nesse meio da dublagem, como em toda profissão existem pessoas que são boas naquilo que fazem, e pessoas que não são tão boas assim. Mas não que essas pessoas que são “ruins” não possam melhorar e se tornarem bons profissionais. Longe disso. Mas é preciso aprender com os mais velhos. É preciso ter humildade de reconhecer que você não tem a experiência necessária para começar lá em cima. É algo que vem com o tempo. E o que vemos em alguns estúdios é a de colocar dubladores, que não tem a bagagem necessária, para serem protagonistas de filmes e séries. Sem contar também, que colocam diretores de dublagem, nos quais não possui nenhuma experiência neste ramo, se tornando ago amador, com todo respeito.

De certa forma, os estúdios não tem tanta “culpa” assim. Claro que eles tem sua parcele enorme de contribuição, para que saiam dublagens medíocres e de uma qualidade bem lamentável, mas também isso vai de em conta com o que o cliente escolhe. Como assim, eu não entendi? Eu vou explicar. O cliente escolhe em qual estúdio vai ser dublado determinada obra, e assim sendo, o próprio cliente supervisiona a dublagem, sinalizando o que se pode colocar o não, na adaptação, ou como gostamos de dizer, na chamada versão brasileira. O problema é que a dublagem, por si só, é cara, não é algo barato. E nestes estúdios que estão localizados em outros centros, como Curitiba, Belo Horizonte, Miami e principalmente Campinas, cobram menos para se dublar. E é aí que algumas gigantes do ramo do entretenimento, como a Netflix, debruçam sobre esse fato. Vou pagar menos, tanto para os estúdios quanto para os dubladores, e consequentemente lucrando mais. O importante é estar dublado. Ninguém liga para a dublagem. Muito pelo contrário. Ligamos e muito.

Só para constar, isso aqui não é perseguição a Netflix não. Outras empresas também fazem este papel de dublarem em praças, onde a dublagem é feita a moda “angu” como fala meu velho pai. Mas a Netflix possui a maior quantidade de obras dubladas em estúdios, onde não tem a experiência necessária para dublar uma obra. E aí saí coisas execráveis, como por exemplos dois animes: A.I.C.O Incarnation e Fate Extra/Last Encore. Ambas as obras possui uma das dublagens que você percebe o amadorismo dos atores que dublam. Vozes que aparecem foram de sincronia e que não combinam com determinado personagem. A atuação fraca, em momentos que realmente precisa passar emoção, enfim, são inúmeros erros. Se eu fosse enumerar todas as dublagens feita pela gigante do entretenimento americana, ficaríamos horas escrevendo, e não chegaríamos aonde queremos chegar. Assistam estes animes, e depois me digam aqui se tenho razão ou não.

A Crunchyroll (que é também um outro serviço de streamming pago, mas focado só em animes) adotou uma postura parecida, mas teve uma uma outra resolução. No final do ano passado, a Crunchyroll anunciou que chegariam em Novembro seus primeiros animes dublados em seu catálogo, que no caso foram Rokka no Yuusha, Yamada-kun to 7-nin no Majo e Schwarzes Marken. Porém, quando foi anunciado que a dublagem dos três animes, foi feita no estúdio Dubbling Company, em Campinas, uma enxurrada de críticas em fóruns e sites de notícias, por causa da dublagem feita, que estava bem fraca. Devido a essas críticas feitas, a Crunchyroll ouviu seu público, e esse ano os novos animes que saíram dublado, foram em estúdios mais conhecidos do grande público, e bem conceituados: os estúdios cariocas Som de Vera Cruz e Wan Macher e o paulista Unidub, e a sua recepção foi muito positiva perante ao público. Então, isso é um claro exemplo, de uma empresa que ouviu as críticas massivas em cima da péssima dublagem feita em estúdios “secundários”, e de pouquíssima expressão no mercado da dublagem e trocou para estúdios mais conhecidos e com uma qualidade muito, mais muito superior. Isso só mostra, o quão a Netflix, não está tão aberta a ouvir seu público, e neste caso, ela perde bastante a empatia do público junto a seus serviços.

A Netflix é um serviço pago, portanto pagamos para ter uma qualidade exímia em seus serviços. Precisamos sim reclamar, quando determinada obra, não possui uma qualidade minimamente agradável. Aí algumas pessoas devem estar pensando,”a mais tem a opção de ver legendado, não precisa assistir dublado”. Nada disso. Se eu pago um serviço, eu quero ele por completo, com todas as opções para eu escolher, e de boa qualidade. E mais uma vez irei enfatizar: É UM SERVIÇO PAGO. Espero que a Netflix aprenda com seus erros, comecem a repensar em suas escolhas. E que outras empresas e distribuidoras pensem duas vezes em levar seus filmes e séries para esses estúdios, pois se levarem e a qualidade for ruim, reclamaremos. Cobrem da Netflix, em suas redes sociais, em sites, enfim, não se deixem  levar por  dublagens ruins. Não somente a Netflix tem que se cobrada por essa situação, mas toda e qualquer grande distribuidora, que preferem dublar em estúdios que não tem nenhum prestígio. Então protestem, cobrem, é um direito meu, seu e de todos nós, termos um serviço de qualidade. Como sempre fala o grande ator Marco Ribeiro, prestigiem sempre a boa dublagem.

Seja Bem Vindo

Seja Bem Vindo ao novo site da Anibr, aqui você encontra diversas postagens divididas em seções, site projetado especialmente para os fãs da cultura oriental e geek.

Mais Informações Sobre o Site